Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

Poema

 

 Imagem retirada da internet

 

Deus

 

À noite, há um ponto do corredor
em que um brilho ocasional faz lembrar
um pirilampo. Inclino-me para o apanhar
- e a sombra apaga-o. Então,
levanto-me: já sem a preocupação
de saber o que é esse brilho, ou
do que é reflexo.
Ali, no entanto, ficou
uma inquietação; e muito tempo depois,
sem me dar conta do motivo autêntico,
ainda me volto no corredor, procurando a luz
que já não existe.

Nuno Júdice, in "Meditação sobre Ruínas"

 

Retirado de http://www.citador.pt/

 


 

tags: ,
publicado por individual às 14:07
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
30
31


.posts recentes

. Os pensamentos são coisas...

. Pensador português

. Pilares da Terra

. A nossa Mente

. Na lixeira

. Elementais

. O que ando a ler

. Mais Sophia

. Um dia - de Sophia de Mel...

. O que ando a ler

.arquivos

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub