Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

O que ando a ler

 

Problemas da filosofia - James Rachels

 

Podemos não concordar com tudo o que é escrito, podemos até em alguns pontos ter uma visão muito mais profunda do que é apresentado, mas é como se estivessemos conversando com o autor.

Linguagem simples, mas suficientemente profunda para nos fazer pensar.

É esse o objectivo da Filosofia, e o autor consegue-o plenamente.

 

publicado por individual às 15:55
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009

Chocolate quente

Imagem retirada da internet

 

Um grupo de jovens licenciados, todos bem sucedidos nas carreiras, decidiu fazer uma visita a um velho professor, agora reformado.
Durante a visita, a conversa dos jovens alongou-se em lamentos sobre o imenso stress que tinha tomado conta das suas vidas e do seu trabalho. O professor não fez qualquer comentário sobre isso e perguntou se gostariam de tomar uma chávena de chocolate quente. Todos se mostraram interessados e o professor dirigiu-se à cozinha, de onde regressou vários minutos depois com uma grande chaleira e uma grande quantidade de chávenas, todas diferentes - de fina porcelana e de rústico barro, de simples vidro e de cristal, umas com aspecto vulgar e outras caríssimas. Apenas disse aos jovens para se servirem à vontade. Quando já todos tinham uma chávena de chocolate quente na mão, disse-lhes:
 - Reparem como todos procuraram escolher as chávenas mais bonitas e dispendiosas, deixando ficar as mais vulgares e baratas... Embora seja normal que cada um pretenda para si o melhor, é isso a origem dos vossos problemas e stress. A chávena por onde estais a beber não acrescenta nada à qualidade do chocolate quente. Na maioria dos casos é apenas uma chávena mais requintada e algumas nem deixam ver o que estais a beber. O que vós realmente queríeis era o chocolate quente, não a chávena; mas fostes conscientemente para as chávenas melhores...
Enquanto todos confirmavam, mais ou menos embaraçados, a observação do professor, este continuou:
- Considerai agora o seguinte: a vida é o chocolate quente; o dinheiro e a posição social são as chávenas. Estas são apenas meios de conter e servir a vida. A chávena que cada um possui não define nem altera a qualidade da vossa vida. Por vezes, ao concentrarmo-nos apenas na chávena acabamos por nem apreciar o chocolate quente que Deus nos ofereceu. As pessoas mais felizes nem sempre têm o melhor de tudo, apenas sabem aproveitar ao máximo tudo o que têm. Vivei com simplicidade. Amai generosamente. Ajudai-vos uns aos outros com empenho. Falai com gentileza...
... e apreciai o vosso chocolate quente.
(autor desconhecido)

 

 

publicado por individual às 11:35
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009

Pensamento

Foto retirada da internet

 

 

As crianças e os filósofos – ambos têm algo em comum:
Fazer perguntas!
 
As crianças não têm ideias religiosas,
mas têm experiências místicas.
Experiência mística não é ver seres de um outro mundo.
É ver este mundo iluminado pela beleza.
 
Ruben Alves

http://www.releituras.com/rubemalves_menu.asp

 

publicado por individual às 10:10
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009

O princípio

 

Imagem retirada da internet

 

 

Apenas uma coisa o mundo necessita conhecer;
Apenas um bálsamo existe para curar toda a humana dor;
Apenas um caminho há que nos conduz acima, aos céus;
Este caminho é: a COMPAIXÂO e o AMOR.
Max Heindel
 
 
 
Hoje, 9 de Fevereiro de 2009, eclipse da Lua, decidi iniciar o meu blog.
Que ele possa ser útil para todos aqueles que por aqui passem é o meu propósito.
 
Iniciei com uma citação de Max Heindel (1865-1919), cujos escritos tanto têm influenciado a minha vida nestes últimos anos.
 
 
 
Transcrevo ainda algumas frases das cartas Rosacruzes do sec XVIII, atribuídas a Karl Eckartshausen (1752-1813):
- É inútil meditar sobre questões místicas que estão além do nosso horizonte mental. É inútil tentar penetrar nos mistérios espirituais antes de nos espiritualizarmos. O conhecimento prático supõe prática e só pode ser adquirido pela prática;
- O grande erro da nossa época intelectual é crerem os homens que podem chegar ao conhecimento da verdade por meras especulações intelectuais, cientificas, filosóficas ou teológicas, isto é, tão só pelo raciocínio… o poder não se obtém por simples especulação mas pela prática;
- Nenhum tribunal de cegos pode falar sobre a existência ou não existência da luz e, não obstante, ela existe. Podemos dar aos cegos alguma ideia sobre a Luz mas não podemos provar-lhes cientificamente enquanto permanecerem cegos à razão e à lógica;
- tudo o que chamamos bom ou mau, verdadeiro ou falso, útil ou inútil, tem um sentido relativo.

 

sinto-me:
música: variações piano - mozart
publicado por individual às 14:29
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
30
31


.posts recentes

. O que ando a ler

. Chocolate quente

. Pensamento

. O princípio

.arquivos

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub